top of page
  • Foto do escritorBFA Direito Migratório

Bolsistas do Ciências sem Fronteiras: soluções aos que desejam permanecer no exterior

Você é ou foi bolsista do programa Ciências sem Fronteiras e deseja permanecer no exterior?


Notícias recentes têm destacado a situação dos pesquisadores brasileiros que participaram do programa Ciências sem Fronteiras e optaram por permanecer no exterior, seja devido à falta de oportunidades e investimentos em ciência no Brasil, seja devido a questões pessoais. Diante desse cenário, diversos estudantes têm buscado alternativas para negociar o ressarcimento da dívida relacionada à bolsa de estudos em dólar, ao invés de retornarem ao país.


Desafios enfrentados pelos pesquisadores:

A falta de oportunidades e investimento em ciência no Brasil é apontada como um dos principais desafios pelos pesquisadores. A escassez de postos de trabalho e a concentração de contratações no setor educacional são fatores que dificultam a reintegração desses profissionais ao mercado brasileiro.


Além disso, aspectos pessoais também influenciam a decisão de permanecer no exterior. Questões relacionadas à saúde, como a busca por tratamentos médicos especializados, e a estabilidade profissional alcançada no país estrangeiro são considerações cruciais para os pesquisadores, que muitas vezes enfrentam dificuldades em encontrar as mesmas condições no Brasil.


Antes de tomar qualquer decisão sobre como se comportar em relação às obrigações com as agências de fomento, seja para optar pelo pagamento ou por outra solução, é essencial compreender a situação específica de cada pesquisador. As soluções serão variáveis a depender do que os motiva a permanecer no exterior e do potencial de contribuição desses profissionais com o Brasil mesmo estando em outros países.


Alternativas para o pagamento da dívida do Capes e o CNPq:

Os pesquisadores mencionam a falta de flexibilidade por parte das agências de fomento, como a CAPES e o CNPq, ao não aceitarem propostas de trabalho remoto ou outras alternativas para a quitação da dívida. Diante disso, muitos optam por pagar os valores em dólar, enfrentando a variação cambial desfavorável.


No entanto, é importante ressaltar que algumas medidas excepcionais têm sido adotadas, como o processo de novação, que permite o pagamento da dívida por meio do trabalho em vez de dinheiro. Embora essa seja uma possibilidade ainda restrita a poucos pesquisadores e cuja implementação poderia melhorar muito, ela demonstra a necessidade de buscar soluções flexíveis e adaptáveis para apoiar esses profissionais.


Potencial de contribuição para a ciência nacional:

Após mais de 10 anos acompanhando o trabalho dos nossos clientes, podemos afirmar com segurança que, mesmo estando no exterior, os pesquisadores brasileiros têm um potencial valioso para contribuir com o desenvolvimento da ciência nacional. Eles podem atuar como contatos fixos para estabelecer parcerias entre universidades estrangeiras e brasileiras, facilitando a colaboração científica e promovendo avanços em diversas áreas do conhecimento.


Além disso, esses pesquisadores podem trazer consigo experiências e conhecimentos adquiridos em renomadas instituições estrangeiras, enriquecendo o panorama científico brasileiro. A possibilidade de manter essa conexão e aproveitar o conhecimento de ponta é fundamental para fortalecer a ciência nacional e impulsionar a inovação em um país continental como o Brasil.


Por esse motivo, tão importante quanto a busca de soluções individuais, é a articulação política coletiva dos grupos de ex-bolsistas que se encontram nessa situação. É preciso mudar a mentalidade de que o trabalho à distância não tem valor e também promover ações de valorização dos pesquisadores para que seja viável e atrativo mantê-los em nosso país.


Apoio para estudantes que desejam permanecer no exterior


O time de advogados e especialistas do BFA – Direito Migratório está comprometido em apoiar bolsistas e ex-bolsistas, oferecendo soluções e recursos para que possam aproveitar ao máximo sua experiência internacional, fornecendo orientação profissional e assessoramento para ajudá-los a alcançar seus objetivos no exterior.


Nosso trabalho é comprometido com soluções individualizadas, por isso oferecemos os seguintes serviços:


- Consultoria online para organização de estratégias;

- Assessoria para elaboração de pedidos de novação;

- Assessoria para obtenção de Carta de não-objeção;

- Elaboração de pedidos Adiamento de interstício;

- Assessoria no Parcelamento de dívidas;

- Representação em ações judiciais;

- Assessoria nos processos de validação de diplomas estrangeiros no Brasil.


Deseja saber mais, confira nosso conteúdo "Como funciona a consultoria para Bolsistas CAPES/CNPq?"



Atendê-lo online em Português, Inglês e Francês. Agendamentos via calendly.

 

BFA - Direito migratório

Telefone: +55 31 3144-0411


43 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page